terça-feira, 8 de setembro de 2009

Perguntas?


Porque segues sozinho ó viajante?
Andando de olhar grave na escuridão?
Passos pesados marcados com bater de teu coração.
Ritmo triste e descompassado quem és?


Porque ages assim?
Com o orgulho desmedido?
Transbordando todas as taças...
Ferindo gravemente com tuas palavras?


Viajante! Teu caminho leva onde não quero ir...
Para! E reencontre teu trilhar...
Não pelo temor do que te aguarda...


Olha ao teu redor homem da escuridão...
Tem alguém que te espreita e te jura amor...
E se teu coração esta repleto por ela...


[Por que não se entrega?


Nuwanda...

Nenhum comentário: