segunda-feira, 23 de março de 2015

Shangri-La




Estar nos céus no paraíso!
Sentir a mais intensa felicidade!
Incontida em nossos sorrisos
Que nos falam a mais perfeita verdade...


O magnetismo incontrolável!
De nossas peles em quarentena!
Sintonia pura presente em um anel
Almas constantes, inteiras, plenas...


E o nosso amor se faz presente
O sentimento puro e perfeito
Horas que voam do mirar dependente...


E acredito que o tempo parou!
E acordo deste sonho que vivemos
Na solidão das camas que não acabam..


Nuwanda... (À espera)

quarta-feira, 11 de março de 2015

Dias sem você

Hoje tudo se fez aflição
Falta que se espalhou sem alento
Na arritmia solitária do meu coração
Que anseia sair deste isolamento...

E tento vencer esse abatimento
E aceitar essa abstenção
Pode uma PESSOA sentir tamanho desalento?
Sabendo que você existe ó perfeição!

E se tornam assim os meus versos
Limitações de sentimentos adversos
Desejos divididos, separados neste labirinto

Percorrendo este caminho vejo o futuro
Que sem você não existe o verso puro!
E se nego este amor a mim mesmo é porque minto...

Nuwanda! Eu sei...

terça-feira, 10 de março de 2015

Insuficiência respiratória


Necessito mais que o respirar dos normais
Para onde foi o ar que tanto preciso?
Sem ar! Sem ar! Sufocando...
Por favor devolve-me tua boca


Sem ela posso até morrer
Sem ela o ar não percorre meu ser
Dai-me então teus lábios nas madrugadas
Enquanto todos dormem...


É o respirar de nossas bocas
O teu ar é o meu ar!
Que percorre você em mim


Mas, se foi está longe...
Ar rarefeito é que me sobrou
Sem você! Sem você! Asfixia...


Nuwanda! Respirando?

domingo, 8 de março de 2015

Oferenda


                                    

Tantos versos idos...
Tantas ilusões esquecidas
Palavras jogadas ao vento
Sentimentos dispersos à espera...


Inverno frio congelante
Coração de pedra ofegante
Nunca aquecido nunca desprotegido
Armaduras de desdém e desprezo


(...)

Enfim!A primavera chegou!
Nos meus versos de profecia
Você chegou! Você chegou!


Sem armaduras desprotegido!
Por você! Para você!
Tudo aqui escrito...



Nuwanda! Enquanto dormes...