domingo, 15 de agosto de 2010

Poemas de agosto


Lágrimas de sangue no teu rosto
entre os espelhos quebrados...
.
Sorrisos belos e perfeitos
encobrindo pesadelos medonhos...
.
Tudo é belo e esteticamente confortável
entre as misérias interiores...
.
Calhamaço ante olhos e mesas
entre ideais medíocres...
.
O diálogo cultural pautado no bom senso?
salve-se a tradição! Não deixe que se perca a identidade!
.
A paixão! O amor! Salve nossas vidas repletas de felicidade!
individual e falsa, ocupando os olhares sobre os monitores...


(...)


E se "D"eus quiser!
Salve a mim do inferno
E Deus proverá!
No fim já não mais existirei em mim
como me conheço agora...

.
Nuwanda...Fatídico Agosto...

Nenhum comentário: